Polícia caça assaltantes do BB nas matas de Aripuanã

Data:

Compartilhar:

MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO

 

Uma mega operação foi montada na região de Aripuanã (1.002 km a Noroeste de Cuiabá) para intensificar as buscas pela quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil, na manhã de ontem. Os policiais encerraram as buscas na região no inicio da noite e as retomaram na manhã desta quinta-feira (4).

Segundo as informações da Polícia Militar, a suspeita é de que os bandidos ainda estejam ainda próximo ao distrito de Conselvan (a 85 km do centro de Aripuanã), em uma região de mata fechada.

O Batalhão de Operações de Policiais Especiais (Bope) e os policias da região e da capital estão fazendo barreiras em algumas estradas, na tentativa de prender o bando. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também está no local ajudando nas buscas, com um helicóptero.

O assalto

O bando fortemente armado invadiu a agência do Banco do Brasil, por volta de 8h30 de quarta-feira (3). Segundo a Polícia, os assaltantes estavam encapuzados e portavam metralhadoras. Cerca de 50 disparos foram feitos pelos assaltantes, em frente à agência.

Eles fugiram com reféns em uma caminhonete L200 e em um Pálio, em direção ao Distrito de Conselvan, por uma estrada de terra. Um dos veículos foi queimado pelos assaltantes.

A gerência do banco não revelou a quantia do dinheiro roubado pela quadrilha.

Plano falhou

O plano dos dez bandidos que assaltaram a agência do BB em Aripuanã era de fugir em um avião. Mas, o plano falhou.

De acordo com a Polícia Militar, havia um avião no pátio do aeroporto da cidade esperando pela quadrilha. Porém, na hora do assalto, a aeronave decolocou e a quadrilha ficou para trás.

Ainda segundo a PM, os assaltantes chegaram a se deslocar até ao aeroporto, mas, quando perceberam que o avião não estava no local, fugiram em dois carros com os reféns

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PROPOSITURAS

Notícias relacionadas