Japa solteirão monta harém de boneca infláveis

Data:

Compartilhar:

Cansado de brigas e ciúmes dos últimos namoros, o japonês Ta-Bo radicalizou. O engenheiro de 45 anos, que não revela o sobrenome nem mostra o rosto nas fotos – talvez porque o hospício local esteja sempre alerta -, montou um harém. Não um harém com mulheres especialistas em dança do ventre. Ele gastou R$ 307 mil para comprar 20 bonecas infláveis – brinquedos que fazem muito sucesso no Japão.

 

Todos os modelos, garante Ta-bo, são top de linha. Parecem de verdade. O solteirão é viciado em videogames, HQs e eletrônicos, além das sex dolls. Ele é bem fanático, mas não está sozinho. Tem muito japonês com os mesmos hábitos. São chamados de otaku 2-D Lovers – uma versão nipônica xiita de um nerd.

Segundo Ta-bo, um otaku pode sentir amor pelas bonequinhas e ter muito sentimento pelos games e quinquilharias de última geração. São solitários ao extremo. Mas vivem como se morassem com namoradas de verdade. Ta-bo explica melhor a história, ou tenta:

– Uma mulher real dá muita dor de cabeça. Brigam, têm TPM, reclamam, traem. As bonecas pertencem totalmente a mim, diz o desvairado japonês.

Cada boneca tem um nome – e o homem conta que decorou o de todas. Ta-bo troca as roupas delas, faz carinho e assiste TV ao lado delas.

A devoção do homem é total. Ninguém pode visitá-lo porque ele fica com ciúmes. Sim, ciúmes de boneca.

– É porque eu as trato como se fossem gente de verdade. Só que são pessoas especiais, baba o malucão, que perdeu a virgindade aos 30 anos. Virgindade com mulheres de verdade, é bom informar. Mas agora só quero bonecas.

Melhor para as mulheres de verdade, pelo jeito.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PROPOSITURAS

Notícias relacionadas