Estado faz campanha para aumentar doação de sangue

Data:

Compartilhar:

A campanha de doação de sangue para o MT Hemocentro, desencadeada pela Secretaria de Estado Saúde (SES) e encabeçada pela Casa Militar com o intuito de mobilizar o maior número de servidores estaduais possível para doar sangue, contou com um reforço especial na manhã desta terça-feira (9).

É que o governador Blairo Maggi deixou o seu gabinete para ir à Unidade Móvel do MT – Hemocentro, que, até as 17h30, estará no estacionamento do Palácio Paiaguás, para doar sangue.

Maggi chegou acompanhado do vice- governador Silval Barbosa, passou pela triagem e logo na sequência já entrou na cabine para doar. Após a doação ele conversou com a imprensa e convidou os servidores estaduais a se voluntariarem também.

"Nesta semana, em função do carnaval, o Hemocentro está desencadeando essa campanha porque geralmente nesta época do ano os estoques baixam muito. Como a unidade móvel veio aqui ao Palácio eu fiz questão de descer para doar e espero que os servidores também façam o mesmo e ajudem quem precisa", disse.

O governador disse que já doou sangue algumas vezes, mas que não é um doador regular, do tipo que doa a cada 3 meses. "Doar Sangue não dói e qualquer pessoa saudável pode doar. Eu fiz a minha parte e espero que todo mundo também faça a sua pois o sangue que é coletado aqui vai para o banco e atende todas as emergências do SUS e dos hospitais. Quem é que sabe quando a gente ou um familiar nosso vai precisar? Doar sangue é um ato humanitário que ajuda muitas pessoas", disse.

Apesar de o vice-governador Silval Barbosa ter descido para dar incentivo aos servidores que estavam esperando para doar sangue, ele não pôde doar pelo fato de ter tido malária diversas vezes. "Eu tratei de malária 28 vezes e é por isso que eu hoje eu tenho esse cuidado em não doar sangue. Mas vim aqui pedir para que os servidores participem da campanha porque o banco de sangue precisa da ajuda de todos", disse.

A campanha de doação de sangue teve início na segunda-feira (8), na Praça da República, com a Unidade Móvel do MT – Hemocentro realizando coleta das 8h às 17h30, e continua até o dia 13 de fevereiro, no sábado.

Vantagens

Quem doar sangue em qualquer dia da campanha receberá como brinde uma camiseta que poderá ser usada durante o carnaval. Na ocasião da doação, como já é costume, o doador receberá um lanche. Outras vantagens da doação de sangue é que o doador receberá, sem qualquer custo, resultados de exames de HIV, de doença de Chagas, de hepatite B e C, de HTLV 1 e 2, de Malária e de Fator RH. Esses exames serão entregues diretamente na residência do doador num período aproximado de cinco dias após a doação.

Quem pode doar

Podem doar sangue pessoas que tenham peso acima dos 50 quilos, tenham boa saúde, não sejam portadores de doenças transmissíveis, não sejam hipertensos e que tenham idade entre 18 e 65 anos. Os doadores deverão evitar ingerir bebida alcoólica antes da doação de sangue.

No ato da doação, o doador deverá apresentar um documento de identidade. Os homens podem doar sangue de dois em dois meses. Já as mulheres podem fazer a doação de três em três meses. Doações de sangue precisam ser feitas constantemente, respeitados os intervalos mencionados, porque o sangue coletado tem validade de uso.

A diretora do MT Hemocentro, Eliana Rabani, fez uma convocação para que toda a população se apresente, de 08 a 13 de fevereiro, e doe sangue. "Doar sangue, como todos sabem, não dói, não faz mal, não causa fraqueza, e o doador está contribuindo para salvar não apenas uma, mas três vidas quando faz a doação", lembrou.

Ela se referia ao fato de que, de uma doação se colhe, também, plasma e plaquetas sanguíneas o que torna possível que o material do doador seja ministrado a três pessoas que dele precisam para sobreviver.

Com informações da Secom-MT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PROPOSITURAS

Notícias relacionadas