Com medo de processo, Record suspende parceria com Gugu Liberato

Data:

Compartilhar:

A Record decidiu suspender temporariamente o processo de terceirização dos programas do canal produzidos em São Paulo para evitar problemas com a Justiça. A alta cúpula da emissora havia resolvido deixar os programas de Sabrina Sato, Rodrigo Faro, Marcos Mion e Geraldo Luís nas mãos da GGP, produtora de Gugu Liberato.

Segundo o “Notícias da TV”, os bispos recuaram após a Justiça obrigar a empresa a recontratar cerca de 600 funcionários demitidos no RecNov por conta da terceirização das novelas. O complexo de estúdios carioca foram arrendados pela produtora Casablanca.

Especula-se que o acordo registrado em contrato com o apresentador seja adiado em três meses. O objetivo é não ter em São Paulo os problemas que a emissora vem enfrentando no Rio.

A direção do canal acertou com Liberato que o loiro irá construir um novo estúdio em sua produtora. Em contrapartida, a empresa irá equipar o espaço em comodato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PROPOSITURAS

Notícias relacionadas